Novo Comercial Da Crystal Tem Fábio Jr

Estreou na última sexta-feira o novo comercial da Y&R criado para a Cerveja Crystal que reforça o conceito da marca como “a Cerveja dos Encontros”. Desta vez, a estrela do filme é o cantor Fábio Junior e todas as suas sogras.


Seria engraçado,Se Não Fosse Sério!


Fábio Junior é um dos muitos que se divorciam e se casam e vão fazendo isso sem fim. Ele por exemplo já está em seu sétimo casamento.
Não tenho nada haver com a vida dele, mas pretendo aqui refletir um pouco com vocês sobre os problemas que nos cercam nos relacionamentos.
Segunda uma pesquisa A taxa de divórcios no primeiro casamento é de 40% a 50%, e para a segunda união é de 60% depois as chances aumentam gradativamente.
Penso que é um fator de fácil analise, vejamos…


O casamento só tem sucesso quando ambos se esforçam para dar certo. Ele abre a mão de alguma coisa, ela abre mão de outra.
Quando isso não acontece, as discussões começam e vão aumentando até o rompimento.


Do segundo casamento para frente, pouquissimas pessoas namoram muito tempo. Cito o namoro porque deveria ser uma fase de reconhecimento do futuro cônjuge. Fase esta onde questionamos sobre os projetos de vida, sobre a cultura familiar e diversas outras coisas.


No segundo casamento, percebo que as pessoas se acham experientes. E me chama atenção que eles repetem os mesmos erros. É um ciclo vicioso (se é que posso assim chamar).
O ideal é tentarmos resolver todos os problemas no primeiro relacionamento, melhorar a comunicação, aumentar o carinho, a atenção, entrar em acordos, abrir mão, perceber o que está dando errado e ambos se esforçarem para resolver. Caso não consigam sozinhos o ideal é procurar uma ajuda profissional.


Quando isso não acontece ou um dos cônjuges não está disposto a mudar, a separação é inevitável.


Voltando ao Fábio Junior, não sei os motivos de sua separações, mas que tem alguma coisa errada tem. Excesso de confiança? Excesso de experiência? Contratos mal elaborados?
Seria necessário analisá-lo, mas esse não é meu intuito. Até porque cada um é responsável por suas escolhas.


Mas quero deixar essa reflexão para você que ainda está no primeiro casamento. Desfrute de seu cônjuge. Se algo não vai bem, tente resolver! Converse, abra seu coração de forma sincera e calma, seja educado, reveja os contratos feitos, o que você pode mudar, o que está disposto a melhorar… Caso não seja possível sozinhos, procure ajuda profissional, não deixem para procurar quando já estiverem por um fio.
Você que está no segundo, terceiro ou sétimo casamento, eu acredito que todos nós temos o direito de sermos felizes, mas antes de se envolver em um novo relacionamento, vamos realizar uma autoanalise e descobrir o que acontece contigo?


Seja uma pessoa feliz sozinha para depois compartilhar de sua felicidade com outra pessoa.


Pense nisso…

Comentários