Desapegue, Vire A Página!

Querer virar a página já é uma grande atitude a ser tomada. Geralmente os obstáculos internos que atrapalham a entrega para o novo relacionamento costumam estar ligados ao grau de satisfação que você tinha com o ex-amor, além da sensação de ter se habituado ao jeito do outro.

Estar a dois requer estar inteiro na relação para dar certo, respeitar o espaço do que já foi vivido e não ficar preso ao que passou. E tudo isso é difícil quando você ainda não esqueceu um ex-amor. O mais importante neste momento é entender que você está totalmente dividido: uma parte quer seguir em frente e encontrar alguém que esteja disposto a amar, enquanto o outro lado sofre todo dia com a distância de quem ainda ama.

Se estiver passando por essa situação, neste momento de sua vida, você acha que pode se entregar a uma nova relação e amar de verdade outra pessoa? Além disso, você acredita que vai encontrar alguém que preencha todos os requisitos de um parceiro que você quer? Talvez não, afinal você não está em condições que lhe permitam nem mesmo reconhecer essa pessoa, já que ainda não terminou seu ciclo amoroso anterior.

Elencamos três passos importantes para uma virada de página. São elas:

Desapegar ou desapego: é perder o interesse, deixar de sentir atração por algo, libertar-se. É exatamente isso que precisamos fazer quando queremos partir para uma nova história em nossa vida. Uma dica muito interessante para quem quer desapegar é construir novas amizades, aumentar o ciclo de pessoas, praticar exercícios e ocupar a mente com coisas positivas. Também vale eliminar todas as lembranças guardadas naquela caixinha (cartas, lembranças, perfumes, fotos, e-mails e tudo mais...).

Esquecer: Esse é o mais difícil de todos. Esquecer nada mais é que perder a lembrança de uma pessoa, um momento vivido, deixar de pensar. Penso e acredito que outras pessoas pensem igual de que, é impossível se esquecer de momentos vividos e compartilhados com pessoas que lá no passado foram extremamente importantes em nossa vida, a não ser que tenha uma amnésia. É necessário lembrar, porém fazer com que essa lembrança não te paralise. O tempo é um bom remédio, mas não a solução. Vale mais o esforço. Praticar o desapego quanto mais rápido melhor... é necessário.

Recomeçar: O último dos três passos para virada de página é o recomeço. Em minha opinião o mais fácil de todos. Você certamente deve discordar disso, mas defendo esse pensamento porque para recomeçar não precisamos de um empurrão, de ajuda, de terceiros. O recomeço depende apenas de nós, por isso creio intensamente que seja o pilar mais fácil. Pois a motivação está dentro de nós, só precisamos despertá-la.

O nosso problema é que ficamos com a mente atida nas coisas que passaram. Pensamos sempre no que houve, e daí temos muitas dificuldades de arriscar um novo relacionamento.

Como todos sabem ninguém é igual a ninguém. Todos cometemos erros e temos falhas. Uma coisa muito importante para não achar ninguém nem parecido é evitar os mesmos lugares sempre. Procure frequentar lugares novos, galera nova. Coisas e pessoas novas!

Outra dica muito importante para achar a pessoa certa, é praticar atividades que você goste, lugar que admira, ir a shows de artistas que goste, só assim achará pessoas com o mesmo perfil e gosto que você.

Atualmente os relacionamentos online estão no auge. Milhões de pessoas se conhecem e começam relacionamentos online. O que eu penso disso? Exige um cuidado muito maior, porém não abomino! Penso que pessoalmente ou online, faz-se necessário investigar com quem se relaciona. Parece um pensamento antiquado, porque hoje numa balada  muitas vezes nem pergunta-se o nome e já rola aquela pegação. Mas como estamos falando de relacionamento, o papo é outro. Se for encontrar com a pessoa, marque os primeiros encontros em lugares públicos. Dá uma sondada nas redes sociais, vejam seus amigos, lugares que frequenta. Tudo isso conta muito.

Se rolar, rolou... Dê a você novas chances. Não fique preso em um relacionamento que não deu certo, que te fez sofrer. Bola para frente. Confie e vai! 

   

 

Comentários